O Encantamento do Sonho

O Encantamento do Sonho é um conjunto de textos, instruções, códigos, materiais e ferramentas publicado por José Argüelles em 1992, juntamente de sua então companheira Lloydine Burris.

O conjunto de materiais que compunha a publicação do Encantamento do Sonho, continha originalmente:

  • um livro, composto por diversas definições e instruções, bem como textos proféticos e alegóricos, a respeito da Lei do Tempo;
  • uma bússola galáctica: instrumento utilizado para calcular um kin “manualmente”, que com o tempo caiu em desuso;
  • entre outros materiais como cubos, tabuleiros, cartas e encartes com diferentes funções para o aprendizado da Lei do Tempo.

Após dar-se conta, em 1989, de que a humanidade estava vivendo de maneira condicionada a uma falsa percepção de realidade por conta do calendário gregoriano, José Argüelles e sua esposa Lloydine, que há muitos anos viviam em contato com conceitos e contagens “calendáricas” muito mais avançadas, vindas em sua maioria da cultura maia, iniciaram o desenvolvimento de uma linguagem e um método que reavivassem na sociedade uma consciência galáctica/cósmica/holonômica a respeito do tempo: nascia, então, o Encantamento do Sonho.

Materiais que compõem um kit original do Encantamento do Sonho.

O Encantamento do Sonho foi o primeiro compilado de conteúdos sobre a Lei do Tempo como a conhecemos hoje a ser trazida a público e disseminada pelo mundo, nele são apresentados e explicados conceitos como a matriz Tzolkin, seus 20 Selos Solares e 13 Tons Galácticos, a Onda Encantada, o Oráculo do Destino e todos os outros ciclos do tempo observados nas práticas da Lei do Tempo, inclusive o Sincronário de 13 Luas de 28 dias.

Todos esses conceitos foram facilitados através de uma linguagem lúdica, desenhada para introduzir percepções e ideias multidimensionais a respeito do tempo, muitas delas já conhecidas e praticadas há milhares de anos pela civilização maia.

Argüelles e Lloydine criaram o formato original desses códigos e ferramentas, e os apresentaram no formato de um jogo, com regras a instruções, e tudo começava com o cálculo do kin pessoal do jogador: assim funcionava o Encantamento do Sonho.

O kit foi publicado em diversas línguas e em diversas partes do mundo. No Brasil, foi traduzido, produzido e distribuído em 1995 pelo Instituto Lei do Tempo, o Sincronário da Paz, na época coordenado por Vandir Natal Casagrande.

Pois bem, o Encantamento do Sonho, que não é apenas este livro, mas sim um jogo completo, contendo ferramentas importantíssimas desenvolvidas pelo Argüelles após decifrarem os códigos maias do tempo, permite a qualquer ser humano ter acesso à quarta dimensão, ao tempo verdadeiro, podendo sincronizar-se com esse tempo desde agora, sem maior dificuldade, e voltar à harmonia original perdida pela humanidade terrestre.

Como diz o Dr. Argüelles, o Encantamento do Sonho é uma dádiva, e agora está sendo colocado à disposição de todos em língua portuguesa, sem nenhum objetivo comercial e com todas as facilidades, para que qualquer um possa ter acesso ao seu conteúdo, às suas informações. Com isso, lhes é oferecerida a oportunidade para navegar na quarta dimensão e ajudar com seus dons o nosso planeta, para que o lançamento da Nave do Tempo Terra 2013 seja coroado de total êxito.

Vandir Natal Casagrande, Encantamento do Sonho (NOTA DO EDITOR), 1995

O Encantamento do Sonho adicionou novas configurações e mecânicas, através de evidentes referências e inspirações, aos calendários e à matemática maia. José Argüelles manifestou diversas vezes que o principal intuito de sua obra não era apropriar-se da cultura maia, mas despertar a partir do legado dessa civilização uma consciência holonômica no planeta, o que podemos relacionar à noção de uma transição biosfera-noosfera.

Infelizmente, no início de sua propagação, o Encantamento do Sonho foi divulgado em muitos lugares e países como “o calendário maia”, um imenso equívoco que por vezes se repete até os dias de hoje. Isso gerou polêmica e inúmeras críticas a respeito de José Argüelles e sua obra. Leia o artigo: O Sincronário da Paz NÃO É o Calendário Maia.

Na verdade, o Encantamento do Sonho é exatamente o termo utilizado para deixar claro que a contagem maia e a contagem trazida por Argüelles são coisas distintas e seguem padrões diferentes. Ou seja, o kin de hoje na contagem do Encantamento do Sonho é um kin diferente do kin de hoje na contagem do calendário maia.

Enquanto a contagem maia remonta a um período ancestral, iniciado milhares de anos “antes de Cristo”, a contagem do Encantamento do Sonho teve sua data de início dias antes da Convergência Harmônica, em 26 de julho de 1987, definida portanto como o Dia 1 da Lua Magnética no Sincronário de 13 Luas, e ajustada para o kin 34, Mago Galáctico Branco.

Depois de um longo intervalo na tradição de Chilam Balam, a contagem do portador do ano foi profeticamente reformulada pra preparar a Convergência Harmônica e a revelação subsequente da profecia Telektonon de Pacal Votan. Da mesma forma que a nova Contagem dos Magos, essa contagem foi intuitivamente calibrada de maneira precisa para que o dia 26 de julho de 1987 fosse Mago Galáctico Branco.

José Argüelles, O TEMPO E A TECNOSFERA (2002), pg. 20

Sendo uma publicação introdutória às bases da Lei do Tempo, o Encantamento do Sonho foi continuado por diversas outras ferramentas descobertas e criadas por Argüelles em seus processos de estudo e canalização.

Das principais obras que seguiram o Encantamento do Sonho, estão em destaque: a estrutura Hunab’Ku 21, o mapa do Telektonon, a prática do Yoga Synchrogaláctico e o cubo Synchronotron. Todas essas descobertas, criações e revelações estão conectadas e usam como base o conteúdo e a lógica desenvolvida a partir do Encantamento do Sonho, formando uma imensa teia de informações interligadas, com o objetivo de expandir a própria observação da Lei do Tempo para quem a pratica. Páginas sobre os conteúdos citados aqui serão adicionadas em breve ao site.

No livro Acesso ao Teu Ser Multidimensional: Uma Chave para a História Cósmica, Stephanie South, atual coordenadora da Foundation for the Law of Time nos EUA e sucessora de José Argüelles, define um encantamento do sonho como uma espécie de protocolo interdimensional, “ciclos de sincronização” galácticos. E que o nome específico para o encantamento do sonho vigente neste planeta (o compilado de estudos como o conhecemos) seria chamado de “Nave do Tempo Terra”:

O propósito para o que é referido como “civilização maia” e os sistemas calendáricos de astronomia e matemática maia era de ajudar a reposicionar a Terra em seu curso correto de tempo. A matemática maia é a joia desse sistema de conhecimento galáctico que foi trazido ao nosso planeta.

[…] Um remédio conhecido como Encantamento do Sonho foi enviado de Sirius pelo campo de força Arcturiano para ajudar os humanos a criarem uma ponte com as dimensões e realinharem-se ao seu destino multidimensional. Os códigos do Encantamento do Sonho transmitidos para José Argüelles/Valum Votan descrevem, na verdade, as inscrições harmônicas de movimentos em direção à estabilização do sistema Kinich Ahau (o Sol, ou V.24).

As inscrições harmônicas das órbitas planetárias, tomadas em relação umas às outras, criam, ao longo do tempo, ciclos de sincronização chamados de “Encantamentos do Sonho” – o código específico do Encantamento do Sonho para este tempo é conhecido como a Nave do Tempo Terra. […] são códigos matemáticos para reinstrumentalizar a espécie humana de acordo com uma frequência de tempo galáctica e harmônica.

Esses códigos foram traduzidos ao formato prático do calendário de 13 Luas de 28 dias (sincronário) e são baseados nos ciclos de Sírius.

Stephanie South, ACESSO AO TEU SER MULTIDIMENSIONAL, 2014 (pgs. 9 e 10)

A Gênese do Encantamento do Sonho

Texto integral extraído do livro original

ALERTA! Os seguintes textos podem provocar arrepios e curiosas sensações de pertencimento ao cosmos.

“Assim como o falcão que, tendo iniciado seu giro, dá voltas sem olhar para trás, também um kin planetário, tendo entrado pelo portal magnético do dragão do castelo do girar, já não terá volta. A partir daí ele passará a girar e girar pelas espirais sem fim dos castelos da poderosa Nave do Tempo Terra 2013.

A nave do tempo terra: cinco majestosos castelos de esplendor insondável, unidos num só pelo caminho dos giros espiralados da génese do Encantamento do Sonho, não uma só vez, nem duas, mas sim três vezes foi originada esta génese.

Nascidas do dragão, as vinte tribos solares dos kins planetários apareceram na nave do tempo terra. Instruídos pelo macaco, os kins planetários aprenderam a magia das treze luas que guiam a nave do tempo terra. Posta em voo pela lua, o lançamento galáctico da Nave do Tempo Terra é o destino dos kins planetários.

A nave do tempo terra: cinco castelos sempre girando juntos na génese do tempo do Encantamento do Sonho. Um Castelo Vermelho ao Leste, um Castelo Branco ao Norte, um Castelo Azul a Oeste, um Castelo Amarelo ao Sul e um Castelo Verde Encantado no Centro. Em cada castelo se entra por quatro portais magnéticos.

Em cada castelo, um Portal Magnético Vermelho abre o Quadrante Leste do Castelo, um Portal Magnético Branco abre o Quadrante Norte do Castelo, um Portal Magnético Azul abre o Quadrante Oeste do Castelo e um Portal Magnético Amarelo abre o Quadrante Sul do Castelo.

Cada quadrante dos castelos é uma onda encantada de treze passos. Cada onda encantada é formada por dois portais, duas torres e nove câmaras. Cinco castelos de quatro ondas encantadas cada um somam vinte ondas encantadas.

Cada uma das vinte ondas encantadas, da poderosa nave do tempo terra, abrange treze séculos segundo a contagem humana. Quatro portais magnéticos, quatro ondas encantadas no total, cada castelo abrange cinquenta e dois passos ou cinquenta e dois séculos do Encantamento do Sonho.

O Encantamento do Sonho é o retorno das vinte tribos solares seguindo as treze luas através da Nave do Tempo Terra 2013. Três géneses do Encantamento do Sonho. Cinco castelos. Vinte ondas encantadas. Duzentos e sessenta passos. Duzentos e sessenta séculos do Encantamento do Sonho lançados.

Foi há quase 260 séculos, há 26.000 anos atrás, que a Nave do Tempo Terra entrou em sua primeira génese, a Génese do Dragão do Encantamento do Sonho primário. Tecida pelo dragão, para dentro da Terra, a viagem humana do Encantamento do Sonho começou. O Castelo Vermelho do Girar foi penetrado. A primeira das poderosas ondas encantadas foi lançada.

Primeiro vieram os treze séculos da onda encantada do dragão, seguidos pelos treze séculos da onda encantada do mago. Apesar de grande parte da Terra estar coberta de neve e gelo, o dragão nutriu a todos, deu a todos um lugar de kin dentro da abóbada da onda encantada do nascimento.

Uma vez lançada a onda encantada do dragão, apareceu o mago que encantou a todos. Dentro do castelo vermelho do girar, todos cresceram em poder e intemporalidade. Do encantamento do mago veio o conhecimento que abre o terceiro portal magnético. A onda encantada da mão lançou o poder da cura, uma chama sombreada de azul incandescente sobre as paredes do castelo do girar do Encantamento do Sonho.

Então, do conhecimento da cura da onda encantada da mão chegou o quarto portal magnético do castelo do girar. A onda encantada do sol chegou a ser conhecida em todo o seu poder e finalmente foi lançada a onda encantada do fogo universal para que os corações de todos pudessem conhecer a fonte do calor e da vida.

Apesar do manto da era do gelo que vestia o planeta terra, com a onda encantada do sol se completou o castelo leste do girar. Cinquenta e dois séculos do Encantamento do Sonho primário haviam passado. Agora hávia chegado o momento de entrar no castelo norte do cruzar.

Enquanto o castelo do girar brilha com uma aura quente, líquida e vermelha como o amanhecer, o castelo do cruzar emerge branco, austero, incrivelmente majestoso. Para completar sua viagem pela era do gelo, a Nave do Tempo Terra teve então que viajar para o norte galáctico e ali construir o castelo do cruzar.

Em preparação para o cruzar, o caminhante do céu veio primeiro para lançar a quinta onda encantada do espaço ilimitado, onde todos os kins planetários são livres para explorar. Então chegou o enlaçador de mundos, aquele ser imortal, lançando a onda encantada que atravessa tudo, desde a morte até o reino encantado.

Tendo estabelecido a onda encantada do espaço e a onda encantada da morte, o passo seguinte foi lançar a onda encantada da tormenta azul incandescente, criando um armazém universal de auto geração.

Quando os três primeiros portais magnéticos do castelo do cruzar foram completados, então veio o quarto portal. O humano chegou e lançou a onda encantada do livre arbítrio. Então foram completados os próximos cinquenta e dois passos da nave do tempo terra. Cinquenta e dois séculos durante os quais foram criados os quatro grandes armazéns universais do espaço, da morte, da auto geração e do livre arbítrio. Até hoje nenhuma viagem guerreira ocorreu sem que tivesse passado a salvo pelo castelo branco norte do cruzar.

Dois castelos haviam sido completados, cento e quatro passos, cento e quatro séculos do Encantamento do Sonho, dez mil e quatrocentos anos da Terra haviam se passado. A idade do gelo vai se desvanecendo, sua carga de kins planetários cresce em amor mútuo, conhecimento e poder. A poderosa Nave do Tempo Terra está agora preparada para receber o castelo oeste do queimar. Equipado com os poderes dos primeiros castelos do nascimento e da morte, o castelo do poder da magia foi preparado para a nave do tempo terra.

Em preparação para a magia, primeiro a serpente lançou a onda encanta da força vital. Durante treze passos a força vital abriu seu caminho pelo primeiro quadrante do castelo do queimar. Então chegou o espelho, lançando sua perfeita onda encantada do infinito. No brilhante portal branco do cachorro cósmico, o décimo terceiro passo da onda encantada do espelho, a génese do dragão se cumpriu.

Ali no centro do castelo do queimar, o poder da magia chegou com a força de um trovão. Cento e trinta passos, cento e trinta séculos do Encantamento do Sonho, treze mil anos da Terra haviam passado. A génese primária do Encantamento do Sonho do dragão fora atingida e destruída. De forma igualmente repentina surge a matriz do Encantamento do Sonho da magia, seis ondas encantadas, setenta e oito passos, setenta e oito séculos do Encantamento do Sonho da Génese do Macaco.

Desaparecida estava a era do gelo. Equipados com o poder de dez ondas encantadas, os kins planetários abriram os portais da décima primeira onda encantada da magia e inauguraram a génese do macaco. Por meio dos treze passos da onda encantada do macaco, os kins planetários da Nave do Tempo Terra aprenderam a tecer as treze luas que criam o jardim do Encantamento do Sonho.

Então, ao atravessar o quarto portal do castelo azul do queimar, chegou a onda encantada da semente, lançando o poder do florescimento. O mágico brilho das treze luas teceu seu encantamento da génese do macaco através do jardim humano.

Os cinquenta e dois passos do castelo oeste azul do queimar se haviam completado. O poder da magia se cumpriu ao transformar a génese do dragão na génese do macaco. Três castelos, cento e cinquenta e seis passos, cento e cinquenta e seis séculos do Encantamento do Sonho se completaram. A viagem da Nave do Tempo Terra se voltou então para o sul galáctico, para continuar a génese do macaco e construir o quarto castelo, o castelo radiante amarelo do dar.

Assim como os kins planetários receberam os poderes do nascimento, da morte e da magia ao atravessarem os três primeiros castelos, o quarto castelo lhes concederia o poder guerreiro da inteligência.

Chegou então o primeiro portal magnético do castelo do dar. A décima terceira onda encantada, a onda encantada da terra, lançando o poder da navegação. Poderosos eram os kins planetários ao entrarem por esse portal, poderosos eram eles ao navegarem a magia do treze.

Depois veio a onda encantada do cachorro, abrindo o poder do coração. Depois dos treze degraus da onda encantada do cachorro, os kins planetários se tornaram ricos em amor e lealdade, tudo como uma preparação para a onda encantada da noite. Os treze degraus da onda encantada da noite azul permitiram que o poder de sonhar dos kins planetários amadurecesse com abundância sem paralelo. Finalmente, completando o castelo sul do dar, apresentou-se o portal magnético do guerreiro.

Lançando a onda encantada da inteligência do guerreiro, os kins planetários aumentaram sua intrepidez diante da magia do dar. A capacidade dos kins planetários para compartilhar seus dons já era absoluta. A habilidade de entregarem-se um ao outro era igual em cada um deles, de acordo com as necessidades de qualquer aventura que pudesse surgir em seus caminhos.

Quatro castelos haviam sido completados, dezesseis ondas encantadas haviam sido lançadas, duzentos e oito degraus haviam sido galgados. Haviam transcorrido duzentos e oito séculos do Encantamento do Sonho. Descrevendo espirais ascendentes pela génese do dragão, fazendo espirais outra vez pela génese do macaco, os kins planetários estavam preparados para a terceira e última génese da nave do tempo terra: a génese da lua, a génese do voo mágico. Só cinquenta e dois degraus, cinquenta e dois séculos pelo castelo verde central do encantar, e a incrível viagem da Nave do Tempo Terra 2013 se completaria.

Tendo demonstrado os poderes das treze luas, ao tecerem o jardim da magia do Encantamento do Sonho durante as seis ondas encantadas da génese do macaco, os kins planetários da poderosa Nave do Tempo Terra esperavam a transferência para o castelo verde central do encantar. Todavia, no voo mágico do degrau duzentos e oito, estrela cósmica, ao degrau duzentos e nove, lua magnética, que iniciava a Génese da Lua, ocorreu um roubo.

Impostores, sacerdotes e guerreiros masculinos, usurparam o poder das treze luas. Esconderam o poder do treze entre eles mesmos e tentaram apagar toda a memória da matriz do Encantamento do Sonho da magia.

A Génese da Lua deveria outorgar a dádiva da proporção 13:260 aos kins planetários da nave do tempo terra. A proporção 13:260 abre os imensos poderes do voo mágico do castelo central do encantar. Em vez disso, foi imposto aos kins planetários o poder diminuído da proporção 12:60. Já não possuíam a magia das treze luas, senão um calendário de doze meses de significado incerto. Não mais o giro intemporal do voo mágico, mas uma hora de sessenta minutos para ganhar a vida.

O tempo foi comprimido num círculo plano. O poder das vinte tribos solares dos kins planetários foi reduzido ao poder do cinco em vez do poder do vinte. Pouco a pouco os kins planetários foram entregando seu poder aos sacerdotes, enquanto os sacerdotes do calendário lançavam o encantamento do sonho da história.

Apesar de a corporação dos sacerdotes masculinos ter-se apoderado da Terra tridimensional, a quarta dimensão da nave do tempo continuou sendo tecida. Entretanto, os cinquenta e dois degraus do castelo central do encantar foram cobertos com uma camada cada vez mais densa, o encantamento do sonho da história.

Durante a abertura da onda encantada da lua do castelo do encantar, os sacerdotes conseguiram desviar o poder da água universal e estabelecer a civilização por meio da irrigação, da escrita, da guerra e do calendário de doze meses. Mediante a segunda onda encantada do vento, o poder do espírito foi canalizado através da metalurgia, da guerra a cavalo e com carro e da construção de cidades imperiais. O domínio dos sacerdotes guerreiros foi-se estendendo. Vinte e seis séculos do castelo do encantar foram capturados pelos sacerdotes masculinos.

O poder da Nave do Tempo Terra persistiu. Durante a terceira onda encantada da génese da lua, a águia lançou a onda encantada da visão. Mestres filósofos e filhos visionários do tempo ancestral fizeram um chamado para que se recordasse a ordem original da nave do tempo terra. Mas a mente e a memória dos kins planetários já estavam obscurecidas e essa condição se intensificava cada vez mais.

Finalmente chegou a vigésima onda encantada, a onda encantada da estrela. Ao lançar o poder da elegância, a onda encantada da estrela marcou a viagem dos últimos treze degraus, os últimos treze séculos do Encantamento do Sonho dos duzentos e sessenta degraus da fortaleza da Nave do Tempo Terra e o final do voo mágico da génese da lua.

O poder dos sacerdotes masculinos continuou navegando seu próprio curso. A proporção 12:60 espalhou-se por todo o planeta, numa vitória mecanizada. Contudo, os sonhadores secretos da nave do tempo continuaram, sem cessar, a tecer a verdadeira visão do tempo, de acordo com as petições invisíveis da poderosa nave do tempo terra.

Agora cegos e sem uma memória coerente, os tripulantes humanos do planeta Terra tridimensional conduzem a nave da civilização dentro das fronteiras auto criadas de sua própria desagregação.

É como se um homem, subindo uma escada em espiral de duzentos e sessenta degraus, chegasse aos últimos e, tendo se esquecido do seu propósito, tropeçasse no último de todos. Cairia o homem e teria sido em vão todo seu esforço ou aconteceria algo nesse instante fugaz da queda? Quem sabe um “déjà vu”, um retrospecto, uma recordação fugaz de toda a aventura. Isso poderia ser suficiente para trazer o homem de volta à consciência e colocá-lo no lugar certo para galgar, com sucesso, o degrau duzentos e sessenta.

Assim, aconteceu que o encantamento do sonho da história se completou no dia 16 de Agosto de 1987 do calendário de doze. Agora está ocorrendo um “déjà vu” de cinco anos por meio do qual todos podemos despertar para o Encantamento do Sonho. Todos podemos voltar a obter a oportunidade de receber finalmente a dádiva do voo mágico, a proporção 13:260, restaurando a magia dos kins planetários tal como era no amanhecer da génese da lua.

Desde o final do encantamento do sonho da história em 1987 d.C. ao lançamento planejado da Nave do Tempo Terra no ano 2013, só restam 26 anos. Cinco anos para decifrar o encantamento do sonho da história, oito anos para recuperar a magia do Encantamento do Sonho, treze anos para testar a direcção da poderosa nave do tempo terra, pelo castelo central do encantar, para então passar ao ponto do lançamento 2013 da nave do tempo terra.

O Encantamento do Sonho galáctico apenas começou. A história da Nave do Tempo Terra está em posição neste momento para entregar a dádiva, os tons galácticos das treze luas, a onda encantada do calendário que abre todas as ondas encantadas.”