11. Espectral

sobre-espectral

TOM 11
PODER – Dissolve
AÇÃO – Libera
ESSÊNCIA – Libertação

Tom Espectral (em Maia: Buluc) representa o poder da dissolução criativa e da estrutura dissonante. Aquilo que pode parecer o caos e a destruição pode ser, na verdade, uma força necessária para liberar e libertar estruturas e paradigmas rígidos. Conforme libertamos o que não nos serve mais, criamos novas oportunidades para novos conhecimentos surgirem. O tom Espectral nos tira da rotina, nos deixando livres de expectativas e noções pré-definidas, libertando-nos num espectro de possibilidades!

O poder espectral nos encaminha para dissolver conceitos fixos, medos ou padrões instalados em nossa mente. Esse tom declara: “eu atraio as reviravoltas e descobertas, eu dissolvo identidades, eu abro espaço para novos modelos, eu manejo a dissonância como uma força que liberta, eu dissolvo crenças limitantes e construo – sem caixas, sem separações, sem fronteiras”.

Deixe ir! Absorva a vida, absorva novos ares. Seja flexível ao fluxo sem forma do universo. Permita que o seu foco cubra um vasto alcance. Dissolva sentimentos que o limitam. Acolha a espontaneidade e os desvios inesperados. Desfaça, quebre, misture tudo! Permita que a sua energia viaje para onde for necessário.

Liberte-se de todas as fronteiras, crenças, estruturas e limitações. Seja verdadeiramente livre. Traga a energia da liberação a todas as áreas de sua vida que precisam ser preenchidas com liberdade. Acredite que tudo é possível, que você existe em um universo ilimitado. Dissolva todas as formas-pensamento de derrota e hábitos que lhe tirem o poder. Deixe ir ou abra mão de qualquer coisa que o impeça de fazer brilhar a sua luz.

O que o Tom Espectral diz sobre mim?

Se esse tom faz parte da sua assinatura galáctica, o texto abaixo pode ser útil para você! Descubra a sua assinatura galáctica aqui.

O Tom 11 representa o poder da dissolução criativa e da estrutura dissonante. O presente da sua identidade cósmica é acessar o poder da liberdade.

Ative seus poderes espectrais deixando de lado conceitos rígidos e noções definidas do que as coisas devem ser, estando disposto a explorar um inteiro espectro de potencialidade, rendendo-se ao “fluxo espectral” de desvios espontâneos (aparentes rupturas que podem parecer um caos), permitindo que qualquer estrutura se dissolva para dar lugar a novas possibilidades, celebrando forças construtivas de desconstrução, aprendendo a mudar de forma com fluidez, libertando você e os outros de percepções limitantes, deixando ir para o vazio as coisas que já não servem mais, libertando sua alma e abrindo suas asas; submetendo sua própria vontade ao Grande Mistério, conforme ele se revela a cada momento.

Todos os Tons

  • Esse conteúdo foi útil?
  • Sim   Não

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *