09. Lua Vermelha

09. Lua Vermelha

Número09
Em maiaMuluc
PoderÁgua Universal
AçãoPurificar
EssênciaFluxo
ArquétipoA Curandeira

Palavras-chave

Purificação, água, chuva, família, sentimentos, emoções, sensibilidade, volubilidade, água universal, autorrecordação, fluxo, comunicação cósmica, portal, sinais.

O símbolo da Lua Vermelha é como um portal, convidando a nos encontrar novamente dentro de nossa pureza, limpar-nos de toxinas, distorções, falsidades e energias que não servem mais.

Uma das forças mais poderosas de purificação é a gratidão pela experiência como ser humano, reconhecer que estamos sempre aprendendo e que, ainda assim, em essência, já somos perfeitos.

O poder da Água Universal nos convida a convocar nossa fluidez, adaptabilidade e resiliência. O Fluxo nos lembra da lei da impermanência, que declara a mudança como algo constante durante a vida. Num processo contínuo de renovação e desprendimento, acompanhamos os ciclos e ritmos da natureza. Se somos resistentes ao fluxo da vida, podemos nos deparar com estresses e problemas desnecessários, ou deixar oportunidades passarem desapercebidas.

A água é o componente mais abundante do planeta Terra e do corpo humano. A Lua Vermelha hidrata nossas células, banha nossos corpos, chora nossas lágrimas, reivindica a santidade. Acompanhe o fluxo da sua alma e celebre as mais incríveis e variadas manifestações da água, da luz do luar, dos oceanos, nuvens e tempestades. Devemos agradecer por esse recurso precioso.

A Lua Vermelha é a semente cósmica da consciência alerta. Consuma-a como uma fruta e deixe-a florescer dentro de você. Você está na jornada da autorrecordação, e se trabalhar com a energia da Lua com atenção e consciência, um estado de mente alerta vai naturalmente florescer dentro de você.

Autorrecordação significa ter acesso direto à sua presença expandida através de uma intrínseca percepção de unidade; é o reconhecimento de um padrão em grande escala e da sua conexão com ele, geralmente facilitada através dos sonhos e da arte.

A Lua também representa um portal ou uma estação de transmissão. Quando você se abre para a autorrecordação, você se torna um portal e um receptor da consciência cósmica. Essa comunicação cria o abrimento gradual do terceiro olho. Conforme o terceiro olho abre e a sua comunicação se torna mais refinada, você perceberá mais sinais vindo para você.

Um dia sob essa energia é um dia de forte receptividade e sensibilidade do mundo exterior. Pode ser um dia em que estamos mais abertos para ensinamentos vindos do mundo e das outras pessoas. Nesse dia, cerque-se de beleza e positividade, pois estamos a todo momento recebendo e transmitindo energias inconscientemente. Além disso, purifique-se e limpe-se de elementos e pensamentos tóxicos.

O que a Lua diz sobre mim?

O presente da sua identidade cósmica é ser um surfador das eternamente mutáveis ondas da vida, um ser elemental sensual e sensitivo, um transmissor da autorrecordação, um canal expansivo do sentimento e do mistério.

Sendo uma Lua Vermelha, você possui a capacidade de ser um portal da consciência despertada, um receptor e transmissor de comunicações sutis – decifrando correntes de sinais e símbolos; ser um mensageiro das águas do universo, incorporar o fluxo poético dos ritmos celestes e o poder bruto das forças da natureza, ser submisso aos desdobramentos do divino enquanto permanece verdadeiro à essência do seu ser, honrar a oportunidade da renovação e do nascimento a cada momento, ser uma gota da chuva cósmica que abençoa este mundo.