08. Estrela Amarela

08. Estrela Amarela

Número08
Em maiaLamat
PoderElegância
AçãoEmbelezar
EssênciaArte
ArquétipoO Artista

Palavras-chave

Harmonia, equilíbrio, elegância, beleza, vitalidade, arte, amor expandido, oitava, perspectiva clara.

Estrela Amarela é o agente da harmonia, o guardião da oitava, o mensageiro que declara a arte como o presente onipresente do Criador.

Arte é a forma como saudamos o dia, como respondemos e interagimos com os elementos em nossas vidas. A arte existe como uma oportunidade universal de criatividade, inovação e expressão; representa a linguagem da alma.

A arte, como o exército da beleza, está naturalmente acontecendo, e quando é realçada com intenção, torna-se uma ferramenta de manifestação ilimitada, transcende definições e é medida por sentimentos e inspiração.

Em sua essência, arte, beleza e elegância são emanações vibracionais produzidas por combinações benéficas, emergindo da nossa síntese consciente.

A Estrela Amarela transmite prazer na beleza da sua expressão. Explore suas tendências criativas. Permita que a estética da sua natureza inspire seus sentidos e suas visões artísticas; permita que a graça e a harmonia guiem seu caminho.

Ao contrário dos 7 selos anteriores, que são distintos, a Estrela inicia uma série de harmonias mais complexas já que completa a oitava. Num nível espiritual, a Estrela Amarela começa o desenvolvimento de um ser mais elevado. Os selos fundamentais que ocorrem a partir de agora são de uma frequência mais expandida do que os anteriores.

O que a Estrela diz sobre mim?

O presente da sua identidade cósmica é ser um mensageiro da harmonia, um agente do embelezamento, uma testemunha da grandiosidade da natureza, um mensageiro do aperfeiçoamento do todo, uma semente estelar do nosso sábio futuro, o protetor da nova oitava.

Sendo uma Estrela Amarela, você possui a capacidade de ver a si mesmo como um artista planetário, brilhar e iluminar o ambiente exterior com a sua luz própria, percorrer o caminho da vida como uma mandala sempre em desdobramento, enxergar a beleza e divagar sobre todas as criações da natureza, perceber cada faceta do mundo como uma oportunidade para interagir com emoção, invocar graciosidade e esforço para guiá-lo em sua jornada, expressar seu sentido de estética, contribuir com harmonia e coerência para a dinâmica coletiva, transmitir a oitava mais elevada da consciência estelar para o todo planetário, esculpir sua realidade com intenção, sabendo que cada ação está colorindo a arte da sua vida.’