A Matriz Sagrada do Tzolkin

O Tzolkin é, originalmente, um calendário divino dos antigos maias representado numa matriz de 13 colunas por 20 linhas, totalizando 260 dias (kins). É a estrutura que configura a ordem sincrônica.

Especula-se que ele tenha sido usado para controlar períodos de gestação das mulheres, o ciclo agricultural das plantações de milho e, principalmente, os ciclos astrológicos do Sol. Além disso, cada trezena (período de 13 dias) era associada a uma entidade específica da matriz.

Esse nome, Tzolkin, não é a nomenclatura original dada pelos maias, mas sim um nome inventado por estudiosos que significa “divisão dos dias”.

Ele apresenta um padrão cíclico de 13 números e 20 glifos que se repetem em sequência por 260 dias. A frequência 13:20 é uma constante universal do tempo e provém do Tzolkin.

A partir de diversos estudos em cima do conhecimento dos maias, a matriz foi redesenhada pela Fundação Lei do Tempo e fundida ao Calendário de 13 Luas.

A Matriz do Tzolkin possui 52 dias de Portal de Ativação Galáctica, representados pelas células verdes.

A matriz sagrada do Tzolkin

Essa matriz é lida de cima para baixo, da esquerda para a direita, na ordem numérica que está escrita.

Começando na célula superior-esquerda, encontramos a primeira unidade do Tzolkin, o Kin Dragão Magnético Vermelho. Observe abaixo as cinco primeiras unidades da matriz:

Kin001Kin002 Kin003 Kin004 Kin005

Essas unidades são chamadas de Kins. Eles são usados para registrar dias, anos, seres, unidades, pessoas…

O que são Kins?

Um Kin (que também pode ser chamado de Assinatura Galáctica) é a medida de uma unidade no Tzolkin. Ele é um fractal e pode representar uma pessoa, um dia, um ano, uma era…

Cada um de nós carrega um Kin específico de acordo com o Kin da nossa data de nascimento, uma energia especial que carregamos conosco desde o dia em que nascemos até a eternidade.

Eles são uma combinação de um Selo Solar com um Tom Galáctico, formando um Kin. Esse elemento carrega energias universais e passa mensagens muito interessantes para se refletir por alguns minutos todos os dias.

O Selo (identificado com um glifo) representa uma qualidade solar da energia daquele dia específico, e o Tom galáctico (representado por um número em maia acima do Selo) introduz a forma como essa energia será manifestada.

A combinação dos 13 Tons e dos 20 Selos formam (13 x 20 =) 260 combinações únicas!

Cada Kin tem um nome, que é composto da seguinte forma: “NOME DO SELO” + “NOME DO TOM” + “COR DO SELO”. Por exemplo:

Kin149Kin 149 – Lua Rítmica Vermelha

 

Kin074Kin 74 – Mago Solar Branco

 

Kin095Kin 95 – Águia Autoexistente Azul

 

Kin036Kin 192 – Guerreiro Planetário Amarelo

 


Por manterem controle da forma em que as energias do universo se manifestam, os Kins podem te oferecer um guia para entender melhor os seus acontecimentos do seu dia-a-dia.

Passando a meditar sobre eles diariamente, você começa a notar padrões na sua realidade.