18. O Yogue-Yoguine

O Yogue-Yoguine

Eu sou o Yogue/Yoguine
Codificado pelo Espelho Branco
Dezoito é meu número
Vivo em estado de meditação eterna
Além da palavra, do pensamento e da ação
Sentado em minha caverna interior
Sou o reflexo do sonho infinito
Guardo a chave dos universo do espelho
Do universo cósmico que espelha o todo
Sou a meditação do êxtase do vazio
A parede de minha caverna é minha vista do universo
Supremo em meus poderes de iogue
Sou o exemplo da autrotranscendência para a Noosfera
Porque sou o precursor da evolução
Envolto pela aura do arco-íris
Produto de minha autotransmutação interior
Manifesto sinais de poderes paranormais
Sou o único que pode tornar claro o caminho para todos os seres
Um orbe à minha direita incandesce com sua própria luz
O resultado da luminosidade pré-existente
Acima da minha cabeça aparece a mandala da autoperfeição primordial
Um sinal de que todos podemos atingir o caminho da luz infinita
Conhecer-me é saber
Que a prática solitária traz conhecimento e sabedoria

Todos os Arquétipos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *